quarta-feira, dezembro 07, 2005

Incompleto

É sabido que a esperança demorada enfraquece o coração. E aquele já não bate há algum tempo. No lugar apenas aperto, frágil alento. De quem não sabe. De quem não pode ter, apenas sonhar. E o sonho já não alimenta. Apenas aumenta... a dor. De quem cansou de sonhar, de quem não agüenta mais esperar, de quem não sabe o que fazer, de quem não tem a quem recorrer. De quem não adianta gritar, pois já não tem tamanho, pois já não tem motivo, já não tem razão. Já não sabe o caminho. Já viu o destino, solidão.

Só foge da solidão quem tem medo dos próprios pensamentos, das próprias lembranças

Olívia em "Olhai os lírios dos campos" de Érico Veríssimo

7 comentários:

  1. EEEEHHHH!!!!

    Finalmente um post!!! Que alegria!!!

    Gostei muito, embora seja meio triste, né Agasea? Mas tudo bem! Não deixa de ser real por ser triste, muito pelo contrário!!

    Fiquei interessada em ler este livro depois de conversar com vc ontem! Aliás, foi muito legal conversar contigo, devíamos fazer isso mais vezes...

    Bjs!

    ResponderExcluir
  2. E continuamos orando para q a esperança se corporifique, se concretize, e assim deixe de ser adiada. E de adoecer o coração.

    ResponderExcluir
  3. Como no fundo do poço, onde o único lugar para onde podemos olhar é para cima.

    ResponderExcluir
  4. Também cansada de ter esperanças...

    ResponderExcluir
  5. bonito post, Agasea! há um tempinho q eu não passava aqui. um abraço, Aline

    ResponderExcluir
  6. Eu sempre acho que uma coisa precisa ser começada como sempre se começa algo: pelo começo! (hehehe)

    Ten é o primeiro cd do PJ. Nele está Black, Jeremy e Alive. Desfrute da voz do Eddie! E de uma música menos conhecida, Oceans!

    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Lembra Legião Urbana.
    "Já não sei dizer se ainda sei sentir, o meu cora~ção já não me pertence...já não quer mais me obedecer, parece agora estar tão cansado quanto eu".
    Em "Maurício".

    ResponderExcluir