segunda-feira, agosto 28, 2006

Segredo

Agora ele descobriu aquele segredo

do qual ninguém se recupera de verdade

O de que mesmo no mais perfeito amor

Uma das pessoas ama menos profundamente do que a outra

Talvez não haja duas pessoas que se amem igualmente

do filme A Ponte De San Luis Rey

8 comentários:

  1. Sei não, José. Fico pensnado se não é o caso de uma alternância, de 'fases' que o amor humano atravessa: hoje, agora, eu amo 'mais'. Amanhã, é ele quem sente 'mais' amor. O sentir e o precisar flutuam, como nossa saúde física, ou emocional.

    ResponderExcluir
  2. Andressa10:39 PM

    O fato é que as pessoas demonstram seu amor de formas diferentes e não há como mensurar isso em numeros ou expressas em palavras...
    O que "mais ama" será sempre aquele que mais necessidade tem de expressar o que sente...
    Difícil julgar... impossível quantificar...
    Bjs.
    Andy

    ResponderExcluir
  3. Será? Pode até ser, mas como ter certeza disso? Há coisas que não se mensura. Acho que o amor é uma delas. beijão, Aline

    ResponderExcluir
  4. dificil é até dizer o que seria amor... qto mais se dois podem se amar igualmente...

    ResponderExcluir
  5. é verdade! muito verdade :o)

    ResponderExcluir
  6. será? acho difícil definir isso. bjus

    ResponderExcluir
  7. Puts que pensamento massa, nunca tinha pensado nisso.
    to pensando agora...

    ResponderExcluir
  8. Que interessante! Esses dias tenho pensado muito sobre isso; acredito que na maioria dos casos, um ama mais que o outro; acho difícil duas pessoas se amarem igualmente, na mesma proporcao; mas tb estava pensando se essa alternancia de fases de que a Claire fala realmente acontece...

    ResponderExcluir