segunda-feira, maio 08, 2006

The Blues (continuação)

Claro, não é um tradução definitiva. Alguns termos são difíceis de expressar em português e outros ainda estão adquirindo forma a cada vez que a música toca. Espero que gostem.

Canto esta canção como um pedaço de vidro quebrado

De braços e narizes quebrados

Este é o Ano Novo ou só mais um desespero?

Você empurra até se debater

Você se dobra até quebrar

Até chegar aos campos devastados onde nossos pais jazem

Será um dia como este, quando o mundo desmoronar


Não há nada aqui que mereça ser salvo

Não há ninguém aqui?

Sobrou alguma rede para segurar nossa queda?

Será um dia como este

Quando o céu cair e os famintos e os pobres e os deserdados encontrados

Está descontente? Tem se esforçado demais?

Tem derrubado este castelo de cartas quebrado?

Será um dia como este, quando o mundo ceder


Não sobrou nada mais?

Nada mais pra cantar?

Sobrou alguém que não tenha beijado o inimigo?

Este é o Ano Novo, ou só mais um desespero?

A justiça nunca te encontra?

Os perversos nunca perdem?

Tem outra canção além deste blues?

Nada está bom

Até que o mundo desmorone

11 comentários:

  1. "Claro, não é um tradução definitiva." sem problemas. aceitamos mesmo assim! abraços, Aline

    ResponderExcluir
  2. José, não sei se essa música traduz você, alguma parte sua ou algum alter-ego (ou alterego, ou alter ego). Não sei se ela traduz alguma coisa de mim...
    É estranho...
    Você não acha?

    Bjs

    ResponderExcluir
  3. José, eu te respondi no meu comment. Acrescenti informações sobre a autora. abraços,

    ResponderExcluir
  4. Corrigindo um erro1:28 PM

    (acrescentei)

    ResponderExcluir
  5. Bom, respondendo a Prit, sim acho que a canção me traduz, ou na pior das hipóteses diz algo que eu gostaria de ter dito, tivesse encontrado as palavras...

    ResponderExcluir
  6. Pode não ser uma tradução definitiva (alguma tradução poderia sê-lo? Tradução de qq coisa?) mas fornece uma idéia da letra. Tem conteúdo, q é o q importa.

    ResponderExcluir
  7. Eu não conheço essa música, pelo menos não que me lembre.. rsrsrs Mas já passei a gostar!!

    ResponderExcluir
  8. obrigada pela visita. Dira é uma pessoa do coração, para corações atentos.:-)aqui também é um ótimo lugar para se estar.

    ResponderExcluir
  9. É tão bacana qdo agente ouve algo q outra pessoa escreveu e se indentifica né? Eu me lembro de isso acontecer mto aqui no seu blog... Lembra de um post onde vc escreveu a respeito de amizade? Bom, nem eu lembro mto bem, mas me lembro de ter copiado pro meu blog [um deles, que hj eu já não sei + qual era].
    É incrível qdo isso acontece, eu acho o máximo!

    ResponderExcluir
  10. Lembre do post!
    "Cara a um amigo"
    http://porhoje.blogspot.com/2004_09_01_porhoje_archive.html
    Acho que é a coisa mais "completa" que você já escreveu...

    ResponderExcluir
  11. ah , José. Sabe qd se lê e falta o q dizer. Mas eu sou o eterno otimismo, que seja um ano novo. boa letra ,é bem profunda. bjs

    ResponderExcluir